14 de abril de 2021
Campo Grande 33º 22º

Veto

Após polêmica, Bernal deve vetar projeto de vereador da Capital

O prefeito Alcides Bernal (PP) deve vetar o projeto de lei do vereador Paulo Siufi (PMDB) que proibi a discussão e o incentivo de temas como religião, política e orientação sexual na rede pública de ensino, em Campo Grande.

De acordo com a assessoria do prefeito, Bernal vai aguardar o projeto chegar à Prefeitura, mas informou que vai decidir pelo veto ou não conforme interesse público. O projeto faz parte de uma parceria com o Movimento Nacional Escola Sem Partido, que busca manter o funcionamento das escolas como centros de produção e difusão de conhecimento.

A lei

Conforme o art. 2º do projeto de lei 8.242/16, o poder público não poderá instruir na orientação sexual dos alunos e nem poderá permitir qualquer prática capaz de comprometer, precipitar ou direcionar o desenvolvimento de sua personalidade. O projeto também prevê a proibição de propagandas político-partidárias em sala de aula nem estimular seus alunos a participar de manifestações.

“nós queremos que dentro das escolas municipais os professores ensinem português, geografia, matemática, ciências, e que eles deixem a educação sexual e a religião para os pais, e a política partidária para os agentes políticos”, explicou Paulo Siufi.