10 de maio de 2021
Campo Grande 32º 18º

POLÍTICA

Assembleia faz recadastramento para verificar funcionários fantasmas

Medida foi tomada, segundo presidente da AL, deputado Paulo Corrêa, para deixar tudo "às claras"

A- A+

A partir de hoje começa o recadastramento dos servidores ativos, inativos e pensionistas da Assembleia Legislativa. A medida foi tomada para rastrear possíveis funcionários fantasmas e deixar tudo “às claras”, segundo presidente da Casa, o deputado Paulo Corrêa (PSDB).

De hoje, segunda-feira (01) até sexta-feira (5) será feita a atualização dos dados dos servidores cujos nomes se iniciem com as letras A e B.

O recadastramento será realizado presencialmente, até 17 de maio, mediante preenchimento de formulário e entrega de documentação à equipe da Secretaria de Recursos Humanos. Para os que não tiverem condições de comparecer, é necessário nomear um representante legal, com procuração reconhecida.

Devem ser apresentados os seguintes documentos: RG, CPF, Certidão de Quitação Eleitoral, Extrato do PIS/PASEP (Caixa Econômica Federal/Banco do Brasil), Certidão de Casamento/Declaração de União Estável feita em Cartório Extrajudicial (com menos de três meses de validade), Comprovante de residência atualizado e Certidão de Nascimento/RG e CPF dos dependentes.

O recadastramento será efetuado conforme o cronograma abaixo:

A,B – 1º a 5 de abril
C, D e E – 8 a 12 de abril
F, G, H e I – 15 a 18 de abril
J e K – 23 a 26 de abril
L e M – 29 de abril a 3 de maio
N, O, P, Q e R – 6 a 10 de maio
S, T, U, V, W, X, Y e Z – 13 a 17 de maio

DENÚNCIAS

Paulo Corrêa anunciou a medida no fim de março como forma de dar transparência ao trabalho e evitar denúncias anônimas ao MPE (Ministério Público Estadual) em relação a funcionários fantasmas. "Assim não restam dúvidas à população das pessoas que estão trabalhando”, disse Corrêa.