02 de agosto de 2021
Campo Grande 29º 14º

Assim como Olarte, vereadores acreditam que greve em Ceinfs foi orquestrada

A- A+

Os vereadores da base aliada do prefeito Gilmar Olarte (PP) concordam com a tese do chefe do executivo municipal sobre a orquestração da greve dos recreadores dos Ceinfs (Centro de educação Infantil) de Campo Grande, iniciada ontem e finalizada hoje pela manhã.

Para o líder do PMDB na Casa de Leis, Vanderlei Cabeludo, a  greve de ontem foi incitada. "Essa greve foi incitada. Basta ver que apenas uma minoria dos recreadores participou. Era uma minoria a mando de alguém", afirma.

O vereador admite que a reivindicação dos recreadores é válida, devido ao baixo salário pago aos funcionários da categoria, que hoje recebem R$ 891 por 40 horas semanais. "Sabemos que o salário deles é baixo, mas o prefeito ainda tem prazo de 20 meses para convocar os concursados, e eu acredito que se essa greve voltar, aqueles 150 funcionários terceirizados correm risco de serem exonerados", afirma.

Para Cabeludo, o melhor a ser feito neste momento é esperar o término dos 20 meses prazo firmado entre a prefeitura e o MPE (Ministério Público Estadual) por meio de TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) para regularizar a situação e convocar os concursados.

Assim como Cabeludo, o vereador Chiquinho Telles (PSD) também acredita em uma greve orquestrada e enumera algumas ações positivas aplicadas pelo prefeito. "Hoje dentro da administração de Olarte existe uma herança maldita do Benral. O prefeito Gilmar Olarte assumiu a prefeitura com muitos problemas que vem se arrastando há algum tempo desde o início da gestão de Bernal. Ele já concedeu reajuste aos professores, aos trabalhadores da saúde e agora está conversando com os recreadores", afirma.

Ao contrários de Chiquinho e Cabeludo, a vereadora de oposição Thais Helena (PT) considera a greve justa e livre de manipulação, mas reconhece que o melhor neste momento é a prefeitura esperar pelo término do prazo de 20 meses previsto no TAC.

Heloísa Lazarini e Tayná Biazus