20 de junho de 2021
Campo Grande 25º 13º

Athayde Nery fica responsável pela pasta de cultura e já mostra planos para a fundação

A- A+

O coordenador da pasta de cultura da equipe de transição do governador eleito Reinaldo Azambuja, Athayde Nery (PPS), já faz planos para a pasta e diz que pretende fortalecer a cultura o Estado. “O grande lance é você fortalecer as raízes do nosso Estado, a cultura do Brasil-Paraguai, Mercosul, isso vai ser importante. Nós precisamos divulgar os nossos talentos é o grande desafio, e também chamar a população para debater a cultura”, afirmou.

O coordenador da pasta acredita que os recursos devem ser ampliados, sendo este o maior desafio da gestão. “Sem dúvidas, um dos maiores desafios é esse, quanto mais você ampliar os recursos para cultura melhor. Pegar recursos federais, com o sistema nacional de cultura, os sistemas estaduais podem angariar 2% de recursos da união, 1,5% dos estados e 1% dos municípios. Então se a gente conseguir formatar um sistema acertado, a gente vai conseguir mais recursos para investir na formação, na qualificação, informação, na divulgação de nossos artistas e acredito que esse é o mapa e nós vamos ver o que está bom, o que está ruim e melhorar”, explicou.

Athayde acredita que não existe monopólio na escolha dos projetos aprovados pelo atual governo e diz que a transferência e ampliação dos recursos e projetos aprovados irão acabar com essas incertezas.

“Não acredito no monopólio, o que puder colocar de transparência melhor, se você tiver recursos nas várias áreas eu acredito que diminui bastante esses ruídos do ponto de vista das indicações, mas nosso objetivo é fazer com que todo estado participe da cultura, isso é fundamental”, finalizou.

 Leide Laura Meneses