23 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Audiência sobre telefonia móvel é suspensa na tentativa de conciliação

A audiência pública que teve início às 14h proposta pela CPI (Comissão Parlamentr de inquérito) da Telefonia, com a presença das operadoras Claro, Vivo, OI e Tim na ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), foi suspensa por alguns minutos pelo presidente da CPI, deputado Marquinhos Trad (PMDB).

Marquinhos solicitou que os representantes das operadoras se reunissem na sala da presidência com intuito de definirem um rascunho de termo de conduta para chegar a uma solução de conciliação. “Não queremos de forma alguma passar para nosso Estado que as empresas estão contra nós, mas sim que as empresas querem resolver os problemas levantados”, afirma Marquinhos.

O presidente ressalta que já ouviu o MPE (Ministério Público Estadual), representantes da ADECC (Associação de Defesa da Cidadania do Consumidor), Defensoria Pública, consumidores e conversou com o vereador de Dourados, Maurício Lemes (PSB) e garantiu que Mato Grosso do Sul lidera o ranking de reclamações sobre operadoras de telefonia móvel.

“Todas as CPIs realizadas em todos os Estados terminaram com termo de conduta. Milhares de usuários disseram que estão tendo seus direitos afrontados e precisamos dar atenção a isso. O Estado lidera o ranking de reclamações das operadoras. Ouvimos pessoas que infelizmente não conseguiram resultado positivo com a telefonia móvel do Estado”, finaliza Marquinhos Trad.

Dany Nascimento e Karla Machado