05 de dezembro de 2021
Campo Grande 33º 23º

Azambuja afirma que conversas com PSD estão adiantadas

A- A+

A possível aliança entre o PSDB e PSD está, a cada dia que passa avançando mais, conforme contou o pré-candidato a governo do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB). De acordo com Azambuja, as conversas com o presidente regional do PSD, Antonio João, estão avançando e as vagas ao senado e a vice estão de pé. Até a primeira semana de junho o Partido Socialista Democrático deverá dar a resposta aos tucanos, aceitando ou não esta união. Conforme explicou o pré-candidato, está sendo colocado em pauta com Antônio João, questões sobre o desenvolvimento do Estado e suas necessidades maiores. “Nesses 15 dias avançaremos nas conversas, o Mandetta (DEM) conversou comigo e com João e vai estar junto nessa construção para uma majoritária com esses partidos que estão mais próximos de nós”, afirmou. Os aliados mais avançados, de acordo com Azambuja, são o PPS e o DEM, e as conversas com PR e PDT estão ocorrendo. Em relação aos Democratas, o pré-candidato afirma que não foi feita condicionante por parte do partido na questão de estar na chapa majoritária e destacou novamente o envolvimento do deputado federal, Luiz Henrique Mandetta, como incentivador para que os tucanos disponibilizassem o nome da terceira via na disputa do governo do Estado. “O DEM e o PPS estão ajudando nessa construção, talvez pudéssemos ter mais um partido que poderia vir para compor a vice ou senado, vai depender do encaminhamento do PSD”. Questionado sobre o nome do deputado estadual, Zé Teixeira (DEM) para ocupar a vaga de vice, por ser um forte nome na região de Dourados – distante 225 quilômetros de Campo Grande, Azambuja destaca que o parlamentar é um grande companheiro e esteve junto em todos os encontros realizados pelo partido do “Pensando MS”. “Devemos pensar no Estado como um todo. Todas as regiões têm suas peculariedades e dificuldades, então, devemos ver quais os projetos de governo serão apresentados. Todas as regiões serão contempladas. Dourados é importante, tenho afinidade”. Sobre o último encontro do Pensando MS, que deve acontecer no últimos dia de maio, sem a confirmação definida ainda, com a presença do pré-candidato a presidente da República, Aécio Neves, Azambuja relembrou a importância do projeto. Para o pré-candidato, é através do “Pensando MS” que pode-se notar as diferenças gritantes entre uma região e outra, sendo  através dele que o PSDB irá compor suas idéias para a campanha e lembrou ainda que todos os partidos que estiverem de acordo com essas idéias serão bem vindos a uma união com o PSDB. “Aqueles que comungarem com as idéias serão bem vindos e estarão em um projeto novo do Estado, para sair um pouco da polarização, que há 20 anos tem o PT e o PMDB”, finalizou. Tayná Biazus