22 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 20º

Reforma

Azambuja amanhece anunciando secretários; Zauith e Resende entram

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) vai anunciar amanhã (sexta-feira, 28), às 7h, na Governadoria, os secretários e membros do primeiro e segundo escalões que farão parte do seu segundo governo. Em princípio, estão certas a permanência de Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e a nomeação de Geraldo Resende (Saúde) e Murilo Zauith (Infraestrutura).

 

Em uma de suas últimas mensagens à Assembleia Legislativa, Azambuja enviou a proposta de reformulação administrativa com as novasNomenclaturas e atribuições, o enxugamento das pastas e o tamanho do staff

Caberá a Eduardo Riedel o papel de maior relevância na gestão política da administração, com estrutura e incumbências em uma espécie de super-secretaria. Sua manutenção é demonstração do prestígio e da confiança do governador, além dos resultados positivos que a Segov acumulou nos primeiros quatro anos.

A super-secretaria vai incorporar outras pastas e áreas, como as de Cultura e Cidadania, cujo atual titular, Athayde Nery Jr, ainda pode ser aproveitado por  Azambuja. Mudanças também estão previstas na TV e Rádio Educativa, que pode ficar também na pasta controlada por Riedel.  

Geraldo Resende tentou a reeleição de deputado federal pelo PSDB, mas ficou de primeiro suplente. Ele substituirá o médico Carlos Alberto Coimbra. Por sua vez, Murilo Zauith (DEM), eleito vice-governador, decidiu aceitar o convite feito por Azambuja para a Secretaria Estadual de Infraestrutura, que durante três anos e meio foi ocupada por Marcelo Miglioli. Candidato ao Senado, Miglioli não emplacou.