12 de junho de 2021
Campo Grande 25º 14º

Greve

Azambuja diz ser legítima reivindicação de caminhoneiros em MS

O tucano se posicionou a favor da greve dos caminhoneiros em MS e no Brasil

A- A+

O governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) na manhã de hoje, se posicionou a favor da greve dos caminhoneiros, que tomam as rodovias estaduais e federais em diversos estados do Brasil. A greve em Mato Grosso do Sul teve início no último sábado e continua.

A reivindicação dos caminhoneiros é referente ao preço do óleo diesel está alto. De acordo com os caminhoneiros e empresas de transportes, não está mais compensando financeiramente trabalhar no setor, já que, de 100% do lucro obtido, 80% é destinado ao diesel e a impostos.

Azambuja admite que a greve cria instabilidades e gera o desabastecimento em setores, mas entende a manifestação como legítima. “O governo deve diminuir o gasto para ter potencial para reduzir as alíquotas, além de diminuir os tributos e aumentar a competitividade”, disse.

Em sua opinião, devido as dificuldades do governo federal, que aumentou o PIS, Confins, juros, CID, causou desiquilíbrio econômico, mas o mais atingido foi o setor do transporte. “Aqui no Estado vamos fazer a nossa parte, diminuir o ICMS do diesel é um compromisso que será cumprido”.

Ao finalizar, mais uma vez o tucano afirmou que a reivindicação é legitima e que o governo estadual tem se reunido com os caminhoneiros. “Vamos buscar pauta conjunta com o governo federal e estadual para que se possa destravar o setor de transportes e melhorar a competitividade desse segmento que é muito importante”, finalizou.