02 de agosto de 2021
Campo Grande 29º 14º

Azambuja garante que tempo que caminhou ao lado do PT não interfere em sua decisão

A- A+

O deputado federal Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou na manhã de hoje, que o tempo que caminhou ao lado do senador e pré-candidato ao governo do Estado Delcídio do Amaral (PT) não interfere em nada caso sua decisão seja se lançar como pré-candidato ao governo do Estado nas eleições de 2014.

Azambuja acredita que diante da rejeição da executiva nacional referente a uma aliança com os petistas no Estado, o caminho agora é conversar com os membros do partido e discutir uma 3° via, descartando qualquer tipo de aliança informal com o PT. “Eu sempre deixei claro que não faria aliança branca com o PT, eu queria uma aliança oficial, já que a executiva nacional não permitiu, nosso próximo passo é trabalhar em cima de uma segunda via e dar continuidade ao programa Pensando MS que está indo de encontro ao que a população deseja”, afirma o deputado.

Questionado sobre o apoio de outros partidos, Reinaldo garante que vem conversando com vários partidos e destaca que uma decisão definitiva sobre sua pré-candidatura só deve ocorrer no final do programa Pensando MS. “O momento agora é de conversar com todo mundo, entender os objetivos e se aproximar daqueles que tiverem uma afinidade maior com os nossos. Uma decisão só será tomada no final do programa Pensando MS, mas a maioria das pessoas me procuram dizendo que preferem que eu dispute o governo do Estado, mas isso ainda deve ser discutido com os membros do partido, se eles tiverem um pré-candidato mais forte eu não vejo problema algum de concorrer ao Senado, mas se eles entenderem que meu nome é o mais forte, estarei disputando o governo do Estado. Por enquanto tudo é possível”.

Dany Nascimento