25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Azambuja solicita formalização da aposentadoria do ex-conselheiro do TCE

A- A+

Na tarde de ontem, após participar de uma reunião com o presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), deputado estadual Jerson Domingos (PMDB) e com o presidente do TCE (Tribunal de Conta do Estado), Waldir Neves, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) entrou com uma suspensão de segurança no STJ (Superior Tribunal de Justiça) para cancelar a nomeação do deputado estadual Antonio Carlos Arroyo (PR) para a vaga de conselheiro do TCE.

A indicação foi feita pelo ex-governador André Puccinelli (PMDB) e o pedido de suspensão foi impetrado feito pelo tucano, foi impetrado no STJ pelo procurador geral do Estado, nomeado por Reinaldo, Adalberto Neves Miranda. N

Reinaldo solicita através do documento, a formalização da aposentadoria do ex-conselheiro José Ricardo Pereira Cabral. O TCE havia entrado na Justiça contra a nomeação de Arroyo para ocupar a vaga de conselheiro do órgão. O TCE justificou a ação alegando que o processo oficial de aposentadoria ainda aguardava voto do corregedor-geral, conselheiro Ronaldo Chadid. O rito normal é que, após aval do corregedor, o documento seja remetido ao governo do Estado.

Diante da interferência do novo governador,  Arroyo não poderá assumir a vaga de conselheiro.

Dany Nascimento