10 de abril de 2021
Campo Grande 35º 20º

Funcionários

Bernal atende recomendação do MPE ‘vamos implantar ponto eletrônico’

Na manhã desta terça-feira (2) o Ministério Público Estadual (MPE) publicou através do Diário Oficial uma recomendação para que Prefeitura de Campo Grande adote medidas para garantir transparência na administração pública em relação aos gastos com funcionários terceirizados, em especial das empresas Omepe e Seleta.

De acordo com o prefeito Alcides Bernal a recomendação nº 0002/2016 da 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social, será cumprida pela prefeitura.

“Eu acho muito importante, e isso faz parte do nosso plano de governo, nós vamos implantar o ponto eletrônico, essa é uma medida fundamental e nós vamos atender à recomendação do Ministério Público”.

Recomendação

Após procedimento investigatório, o MPE constatou que existem funcionários terceirizados da Omepe e Seleta que recebem valores diferenciados para mesma função, assim como há funcionários que sequer cumprem carga horária e embora recebam salário do Município "atuam em empresas próprias."

O MPE pede ainda que Município estabeleça rotinas destinadas a fiscalizar o cumprimento da recomendação. O prazo para adequação às medidas oferecidas pelo Ministério Público é de dez dias.