21 de janeiro de 2021
Campo Grande 28º 21º

Bernal critica Olarte e afirma que PP caminhará com Delcídio

Após tomar conhecimento de que o pré-candidato Reinaldo Azambuja procurou o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte (PP) para conversar sobre uma possível aliança dos tucanos com o PP (Partido Progressista) no Estado, o presidente do PP, Alcides Bernal garantiu que Olarte não tem força para tomar decisões do partido. “O Olarte pode oferecer o que ele quiser, quem nada tem e quer usurpar cada vez mais oferece tudo. Esse rapaz é um impostor, usurpador do poder, é um caso de polícia. Campo Grande está sob o comando de um golpista e eu não acredito em golpista”.

O presidente faz questão de ressaltar que participou de um evento com a direção do PP em Brasília, para discutir o apoio à presidente Dilma Rousseff (PT) e ressalta que caso Azambuja solicite apoio do prefeito Gilmar Olarte (PP), terá. “Estive em Brasília reunido com lideranças do partido. Fizemos um almoço que foi oferecido para a presidente Dilma e caminharemos apoiando a presidente. Se o Reinaldo quer o apoio do impostor (Olarte), quem somos nós para impedir isso ou aquilo, mas acho que Olarte tem compromisso com Nelson Trad Filho”.

Bernal garante que terá uma reunião com alguns membros do partido para discutir a atitude de Olarte oferecer apoio do partido. O presidente ressalta ainda que seu partido está mais próximo do pré-candidato Delcídio do Amaral (PT) e ressalta que o PP não foi procurado por Nelsinho e Azambuja.

“Estamos conversando bastante com Delcídio e tudo indica que iremos caminhar junto com ele no Estado. Não fomos procurados pelo PMDB e nem pelo PSDB, apenas pelo Delcídio e acredito que estaremos com ele nas eleições de 2014”.

Dany Nascimento