20 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Bernal espera ser reconduzido à prefeitura em poucos dias

O ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) afirmou na manhã de hoje, que espera que as duas ações populares que pedem sua recondução à prefeitura da Capital sejam julgadas com agilidade pelo titular da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho. “A justiça tem seu tempo certo, é muito morosa, ela já deveria ter dado a decisão e ainda não deu."

Questionado sobre a ação movida pela Câmara de Vereadores pedindo que as duas ações civis sejam julgadas pela 1º Vara e não pela 2º, presidida pelo juiz David de Oliveira, Bernal se limitou a afirmar que a justiça está cumprindo seu papel e seguindo o Código Civil. "É uma prova do respeito ao que o código de processo civil determina." A decisão foi proferida na última quinta-feria pelo desembargador Divoncir Schreiner Maran da 1ª Câmara Cível do TJMS.

A Câmara entrou com ação alegando risco à decisão judicial por entender que o juiz David de Oliveira foi o mesmo que reconduziu Bernal ao cargo de prefeito em 15 de maio deste ano. "é uma prova do respeito ao que o código de processo civil determina Eu espero que a justiça proceda com a rapidez necessária porque esse imbróglio precisa de um desfecho”.

Bernal voltou a acusar o PMDB de controlar a prefeitura da Capital e afirma que Olarte está sendo rejeito pela população. “Primeiro, que a população votou em mim e não no vice que era o Gilmar Olarte e agora ele entregou a prefeitura para o PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), sendo que o povo tirou os peemedebistas do poder. Ganhamos a eleição e  em três meses pessoas que haviam sido retiradas da prefeitura voltaram para lá, é um desrespeito  total com a vontade popular, isso que aconteceu envergonha toda a sociedade honesta do nosso município”.

Questionado sobre a possibilidade de retornar ao comandando da prefeitura de Campo Grande ainda nesta semana, Bernal ressalta que uma decisão pode sair a qualquer momento. “Eu não sei quanto tempo isso pode demorar, pode ser que seja julgada hoje, pode ser amanhã, pode ser semana que vem. Não tenho ideia de quando, a única coisa que eu espero é que a justiça seja feita e logo porque não cometemos nenhum crime de improbidade administrativa”, finaliza o ex-prefeito.

Dany Nascimento