23 de abril de 2021
Campo Grande 31º 19º

Bernal nega negociação com empresa paulista para assumir contrato da Solurb

A- A+

O prefeito Alcides Bernal (PP) negou na manhã deste sábado (12) durante lançamento de ação de combate a dengue no Parque Jacques da Luz nas Moreninhas que haja negociação com empresa Sirka do grupo Penido Holdings para que empresa assuma contrato de coleta e tratamento de lixo na Capital. “É uma mentira é uma calúnia e estão tentando desviar o foco e apenas prejudicar”, disse o prefeito. 

"Encontros e interesses"

O MS Notícias publicou uma matéria nesta sexta (11) sobre a possibilidade de duas empresas formalizarem consórcio para atuar na coleta de lixo da Capital (leia aqui). 
onde recebeu informações de pessoas próximas a Bernal que confirmaram haver uma conversa inicial entre prefeito e empresa Sirka Participações Ltda. O primeiro encontro entre Bernal e representante da empresa teria acontecido no início de setembro, semanas após o progressista voltar para Prefeitura.

A Sirka faz parte do grupo Penido Holdings, fundado em 2012 por Antonio Vicente Penido, herdeiro da Serveng Engenharia, criada em 1954. Uma das primeiras obras da Serveng foi em Brasília, onde empresa construiu grande parte da rede de infraestrutura de água e esgoto da nova capital federal.  Atualmente, o grupo Serveng atua nas áreas de mineração, engenharia, concessões, energia, transportes e também setor imobiliário.

Em agosto deste ano, pouco antes do possível encontro entre representante da Sirka com Bernal, a empresa cujo capital social é de R$ 2,8 milhões comprou a Repram Reciclagem e Engenharia Ambiental, umas das principais empresas do setor na região Centro-Oeste. Em Mato Grosso do Sul, um dos contratos da Repram é com Prefeitura de Ponta Porã para execução do serviço de coleta de lixo. O contrato é alvo de investigação do Ministério Público Estadual. Conforme informações obtidas pelo MS Notícias, a Repram teria sido comprada pela Sirka por cerca de R$ 17 milhões.

A reportagem tentou entrar em contato com o secretário municipal de Planejamento, Finanças e Controle, Disney Fernandes, chefe de gabinete de Bernal, com o Secretário de Governo, Paulo Pedra (PDT) e o próprio prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal neste sábado pela manhã (12) para confirmar diálogo com algumas empresas de fora do Estado, porém até o fechamento desta matéria não houve êxito no retorno das ligações.