22 de abril de 2021
Campo Grande 29º 18º

Estradas Vicinais

Bernal pede revisão de convênio de obras com Governo do Estado

A- A+

O prefeito Alcides Bernal (PP) se reuniu nesta segunda-feira (4) com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) para discussão do convênio para a recuperação e manutenção de estradas vicinais em Campo Grande.

Bernal disse que o convênio era avaliado em 8,5 milhões de reais objetivando a recuperação de estradas vicinais, mas por conta de paralisação o valor recebeu atualização e já passa de 9 milhões de reais, que segundo o prefeito pode ser usado em outros projetos ampliando o alcance de destinação da verba pública.

Outro ponto destacado foi a duplicação da Avenida Euller de Azevedo, na saída para Rochedo, que liga o centro ao DETRAN e a UEMS. “Nós estávamos esperando alguns documentos para regularizar essa parceria, as equipes técnica do governo e da prefeitura vão em conjunto realizar o serviço”, disse Bernal.

No começo deste ano, o Governo do Estado divulgou que a obra iniciaria em 60 dias sendo dividida em dois lotes, o rural que vai do Centro de Pesquisas da Agraer até o anel rodoviário e o urbano que vai da Avenida Presidente Vargas até um pouco depois do DETRAN. Ambos  serão executadas ao mesmo tempo, na época a obra custaria 14,7 milhões reais e teria o prazo de execução de um ano.

A assessoria de imprensa do Governo do Estado disse que ficou acertado que o secretário de infraestrutura do Estado, Marcelo Miglioli, se reunirá em data futura com o secretário de infraestrutura de Campo Grande para juntos acertarem um novo objeto de um novo convênio, uma vez que o convênio anterior venceu. Esse objeto de convênio, que pode ser pontes de concreto, equipamentos, será definido após esse encontro entres as equipes do Estado e do município, ainda sem data.

Sobre a revitalização da Euler de Azevedo, o governo aguarda a emissão da Guia de Diretrizes Urbanas, responsabilidade do Instituto Municipal de Planejamento Urbano, para ordem de início dos serviços.