11 de maio de 2021
Campo Grande 34º 18º

DIRETÓRIO NACIONAL

Campo Grande: PDT recebe ex-ministro e co-fundador com ato político

Durante a campanha presidencial de Ciro Gomes, em 2018, Manoel Dias percorreu diversos estados para defender as bandeiras

A- A+

Na próxima segunda-feira, 24, a partir das 18h, a militância campograndense do PDT terá a oportunidade de viver uma experiência histórica. A agenda marca a presença do ex-ministro do Trabalho e um dos fundadores do partido, Manoel Dias, presidente do Instituto Leonel Brizola e Alberto Pasqualini, um órgão de pesquisas, assessoramento e cursos do Diretório Nacional.

Convidado especial para a posse do professor Marlon Leal Rodrigues na vice-presidência estadual do Instituto, o catarinense Manoel Dias carrega um dos currículos mais densos e politicamente ricos do País. Começou a destacar-se como líder estudantil nos anos 1960, sendo eleito vereador pelo PTB em 1962. Dois anos depois teve o seu mandato cassado pelo governo do golpe militar e ficou 11 meses preso.

Em 1965 atuou na fundação do MDB de Santa Catarina e ganhou outra eleição,  em 1966, para deputado estadual. Estava no terceiro ano de mandato quando sofreu nova cassação, com base no Ato Institucional Número 5, tendo seus direitos políticos suspensos por 10 anos. Formou-se depois em Direito e exercia a advocacia, quando se juntou a Leonel Brizola para a criação do PST.

Serviu ao governo de Leonel Brizola como diretor do Banco do Estado do Rio de Janeiro e foi ministro do Trabalho no governo de Dilma Roussef (PT). É secretário-geral do PDT e preside o partido em Santa Catarina. Yves Droghisc, presidente do Diretório Municipal, diz que a posse do professor Marlon Rodrigues oferece para toda a população, e não só para os campograndenses, uma chance de conhecer melhor trechos históricos da construção democrática do País com as experiências e a sabedoria de Dias.

Durante a campanha presidencial de Ciro Gomes, em 2018, Manoel Dias percorreu diversos estados para defender as bandeiras mais identificadas com o programa pedetista e suas informações municiaram diretórios e movimentos sociais e políticos protagonizados pelo partido. 

O ato de posse do vice-presidente estadual do Instituto Leonel Brizola e Alberto Pasqualini será realizado na sede do diretório do PDT (Rua Abrão Júlio Rahe, 2399, no Santa Fé).