18 de janeiro de 2021
Campo Grande 27º 22º

Campo Grande terá 11 centros especiais de formação para atletas a partir de agosto

A Prefeitura de Campo Grande, por meio de sua Fundação Municipal de Esporte (Funesp) lança, no dia cinco de agosto, o projeto de 11 Centros de Aperfeiçoamento para formação de cerca de 500 atletas na Capital. A ação visa proporcionar aos jovens talentos de todo o município o continuo trabalho dos treinamentos até atingir o alto rendimento, profissionalização e qualificação nacional e internacional. O projeto foi detalhado para o prefeito Gilmar Olarte, em reunião na manhã desta sexta-feira (11) no paço municipal, com o diretor-presidente da Funesp, José Eduardo Amancio da Mota e diversos profissionais de Educação Física.

Os centros serão dedicados a jovens de 11 a 17 anos, com espaço e trabalho em parcerias com entidades e clubes da Capital, nas modalidades de handebol, basquetebol, voleibol de quadra e areia, natação e futebol. Para Gilmar Olarte, o projeto de Aperfeiçoamento de atletas é um sonho para manter os talentos esportivos na Capital e fortalecer as equipes de Campo Grande, nas seis modalidades, e uma resposta a ser dada a sociedade. “Acredito que o esporte é um instrumento de transformação, nossos jovens podem sair da rua e ir para o campo, para a quadra e para tantos outros esportes. Os pais e jovens podem se preparar, que a nossa meta é valorizar o potencial dos adolescentes propondo a eles o aperfeiçoamento na formação como atleta. Além de que nosso maior desafio é diminuir a violência, também por meio do esporte. Não deixaremos de ir nessa linha. Nós precisamos dar essa resposta a nossa cidade”, destacou o prefeito. Projeto construído  Durante a reunião, o diretor-presidente da Funesp confirmou as palavras do prefeito, informando que o Projeto foi construído e, já discutindo com os parceiros, na visão de promover a inclusão social e a formação do caráter humano e cívico. “Com o projeto, nós buscamos o aperfeiçoamento físico aliado à formação da cidadania. Para o desenvolvimento das atividades, além dos clubes e instituições, com local e infraestrutura contaremos com a parceria das federações estaduais do Estado. Assim teremos atletas motivados e tendo a oportunidade de crescer nas quadras e campos, com toda técnica oficial e necessária. Nosso objetivo é que eles não precisem sair da Capital para ser destaque nacional”, argumentou José Eduardo, o professor Madrugada. Madrugada apontou que já no lançamento programado, os Centros terão como parceiros as escolas Mace e Dom Bosco; as universidades UFMS e UCDB; bem como os clubes Rádio Clube e Circulo Militar e ainda o Sest/Senat. Poderão participar atletas masculinos e femininos das unidades escolares públicas, privadas e federais. Aproximadamente 80 jovens farão treinamento no Centro de Aperfeiçoamento em cada modalidade.

Como os parceiros atuarão Os treinamentos acontecerão em quadras e campos da Prefeitura e também de parceiros no Rádio Clube Campo, Ginásio Moreninho – UFMS e Ginásio Guanandizão, locais onde será desenvolvida a modalidade de handebol. Já o basquetebol será no Parque Tarsila do Amaral e Círculo Militar de Campo Grande. As quadras poliesportivas e ginásio da MACE, o ginásio de esporte do Sindicato dos Bancários e o Guanandizão receberão os atletas que irão treinar na modalidade de voleibol. Já a natação acontecerá na piscina do clube do SEST/SENAT. A Funesp conta hoje com 58 polos (escolinhas) na Capital, que continuarão a existir e passarão a selecionar, como em outros locais, os jovens a serem encaminhados aos 11 centros de aperfeiçoamento.

Karla Machado, com informações PMCG