25 de outubro de 2020
Campo Grande 32º 21º

Chiquinho Telles diz que se sentiu enojado com atitudes da equipe de Bernal

Após a entrada da equipe do ex-prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP) à prefeitura municipal na tarde de ontem, o vereador Chiquinho Telles (PSD) afirmou que se sentiu “enojado” com as atitudes de Bernal. “Eu me senti enojado com aquela situação, toda decisão judicial deve ser respeitada, não achei errado ele ir até a prefeitura para tomar posse já que ele tinha uma liminar que lhe concedida o cargo de prefeito, mas chamar os secretários para fazer baderna na sede da prefeitura é demais, me senti impotente vendo este ato”, diz o vereador.

O vereador destacou que os secretários que compareceram ao local, estavam exonerados e não tinham permissão para expulsar os secretários que foram nomeados pela Câmara Municipal. “Essa atitude do Bernal gerou baderna, danos ao patrimônio público e isso é crime. Ele tinha liminar e estava como prefeito, mas e os secretários que estavam acompanhando ele? eles foram exonerados e não haviam sido nomeados novamente, então não tinham permissão para fazer aquilo”.

Ao falar dos atos de violências relatados pelos servidores de Gilmar Olarte (PP), Chiquinho destaca a agressão sofrida pela secretária do prefeito, Kelly Regina de Souza. “Machucaram o braço da secretária do prefeito e isso é um absurdo, as pessoas tem que aprender que violência não leva a nada”.

 Dany Nascimento