05 de dezembro de 2021
Campo Grande 33º 23º

POLÍTICA

Colin Powell, 1º secretário de Estado negro dos EUA, morre de Covid-19

Powell, aos 84 anos, estava completamente vacinado contra a doença

A- A+

Colin Powell, primeiro secretário de Estado negro dos EUA e ex-chefe do Estado Maior Conjunto, morreu na manhã desta segunda-feira (18) devido a complicações decorrentes da Covid-19, segundo mensagem da família do militar publicada no Facebook. Ele tinha 84 anos.

No comunicado, os parentes do militar informam também que Powell estava completamente vacinado contra a doença e agradece a equipe médica do hospital militar Walter Reed. "Perdemos um inesquecível e amoroso marido, pai, avô e um grande americano."

Como general de quatro estrelas do Exército, foi chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas no governo de George H.W. Bush durante a Guerra do Golfo, em 1991, na qual as forças lideradas pelos EUA expulsaram as tropas iraquianas do Kuwait.

Foi um soldado profissional distinto e pioneiro, cuja carreira o levou do serviço de combate no Vietnã para se tornar o primeiro assessor de segurança nacional negro durante o final da presidência de Ronald Reagan e o mais jovem e primeiro presidente afro-americano do Joint Chiefs of Staff do presidente George H.W.Bush

Sua popularidade nacional disparou após a vitória da coalizão liderada pelos Estados Unidos durante a Guerra do Golfo e, por um tempo, em meados dos anos 90, ele foi considerado um dos principais candidatos a se tornar o primeiro Presidente Negro dos Estados Unidos.

Teve reputação abalada quando, como primeiro secretário de Estado de George W. Bush, ele jogou informações falsas às Nações Unidas para justificar a Guerra do Iraque, que mais tarde ele chamaria de uma "mancha" em seu histórico.

** (Com informações Agência Folhapress e Brasil 247)