06 de dezembro de 2021
Campo Grande 34º 23º

Lava Jato

Collor teria influências em diretorias de BR Distribuidora, segundo Cerveró

A- A+

Em declaração à Procuradoria- Geral da República, o ex-diretor internacional da Petrobrás, Nestor Cerveró, um dos delatores da Operação Lava Jato afirmou que o senador Fernando Collor ( PTB/AL) disse que a presidente Dilma Rousseff lhe garantiu que a presidência e todas as diretorias da BR Distribuidora estavam a sua disposição. 

Segundo Jornal  Estadão, Nestor Cerveró  estava empenhado em permanecer no cargo de diretor Financeiro e Serviços da BR Distribuidora – subsidiária da Petrobrás – que assumiu após deixar a área internacional da estatal petrolífera.

Segundo Cerveró, Fernando Collor de Mello disse que tinha intenção de mexer nas diretorias da BR Distribuidora. Na oportunidade, Nestor Cerveró afirma que os nomes de José Lima de Andrade Neto ( diretor de Mercado Consumidor ), Andurte de Barros de Mattos Filho e ele próprio como diretor  Financeiro e de Serviços eram indicações do PT. Conforme Cerveró, Collor detinha  controle de toda BR Distribuidora. De acordo com Estadão, Fernando Collor  negou  exercido “ qualquer ingerência”- ou pressão- sobre a Petrobrás ou sua subsidiária BR Distribuidora.