26 de fevereiro de 2021

Política

Comando da Funasa sobre nova dirigência em Mato Grosso do Sul

O Diário Oficial da União na edição desta segunda-feira (25), trouxe novidades e reza que o comando da Funasa (Fundação Nacional de Saúde) agora terá gente nova na dirigência,  pois o texto traz a notícia da exoneração de Sérgio Roberto Castilho Vieira e a nomeação de Marco Aurélio Santullo para o cargo de superintendente.

Na semana passada, o governo federal oficializou a mudança na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego de Mato Grosso do Sul. Saiu um indicado do PDT, partido que foi contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT), e entrou um nome ligado ao PSDB, que apoiou o atual presidente Michel Temer (PMDB).

 Funasa

É um órgão do Ministério da Saúde do governo do Brasil encarregado de promover saneamento básico à população. Até 2010 cuidou também da assistência a saúde das populações indígenas, função esta que, atendendo a uma reivindicação antiga das populações indígenas, passou a ser exercida diretamente pelo Ministério da Saúde com a criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI).

A Funasa está sob o comando do PMDB desde 2005, e no início do governo da presidente Dilma Rousseff foi alvo da disputa por cargos políticos do segundo escalão.