26 de julho de 2021
Campo Grande 34º 19º

ELEIÇÕES 2021 | SUPLEMENTARES

Como apontavam pesquisas, Vanda vence com 52,4% dos votos e se torna prefeita em MS

Ocorreram eleições suplementares em 5 municípios brasileiros; veja quais foram todos os eleitos às administrações até 2024

A- A+

Vanda Camilo (PP) foi eleita a prefeita de Sidrolândia, durante a eleição suplementar deste domingo (13.jun). Como mostravam as pesquisas ela venceu 52,4% dos votos, tendo recebido 10.768 votos contra 9.782 votos (47,6%) do seu adversário, Enelvo Felini (PSDB).

Desde janeiro a vitoriososa ocupava o cargo de prefeita interina de Sidrolândia, quando o prefeito eleito no ano passado, Daltro Fiúza (MDB), teve a candidatura impugnada pela Justiça Eleitoral. O tucano Enelvo Felini (PSDB) é ex-prefeito da cidade e tentava um retorno a cadeira, foi derrotado em 2020 por Fiúza e agora derrotado por Vanda. 

VEJA ISSO - Vídeo: a 48h da eleição, comitê vira palco de acusações de 'calote' e trocas de agressões

Eleições ocorreram em MS, Nova Pata do Iguaçu (PR), Petrolândia (SC), Campestre (MG) e Espera Feliz (MG). Isso porque os prefeitos eleitos em 2020 tiveram o registro de candidatura indeferido pela Justiça Eleitoral de forma definitiva. Com isso, a legislação determina novas eleições.

SOBRE A PREFEITA - Juiz manda David apagar mensagem machista contra atual prefeita Vanda

De acordo com portaria publicada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para a definição da data das eleições suplementares, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) responsável pelo município levará em conta as condições sanitárias locais. E deverá, se for o caso, providenciar a observância das regras do Plano de Segurança Sanitária aprovado pelo TSE para a prevenção ao contágio pela covid-19.

OUTROS ELEITOS | SUPLEMENTARES

Em Campestre (MG) concorrem ao cargo de prefeito Marco Antonio Franco (DEM) e Rafael dos Santos (PV). Venceu o primeiro, Marco, também conhecido como Marquinho Turquinho que ao lado de Elias Jorge Zenun, ambos do Democratas, foram eleitos prefeito e vice de Campestre (MG) nas eleições suplementares. 

Já em Espera Feliz (MG), disputaram o comando municipal os candidatos Adrian Oliveira Silva (PDT), Bartholomeu Miranda (PSB) e Oziel Gomes da Silva (PSD). Esse último venceu. Oziel, do Partido Social Democrático (PSD), foi eleito prefeito com 45,43% dos votos, sendo a escolha de 5.384 pessoas. O vice-prefeito é Sr. Edinho, também do PSD.

Na cidade paranaense de Nova Prata do Iguaçu, os candidatos ao cargo de prefeito são Edilsom José Grassi (PSDB), Sandro Oltramari (PSB) e Sérgio Faust (PL). Serginho saiu vitorioso. Eleito prefeito com 3.455 votos, que representam 51,09% dos válidos. Faust é servidor público municipal e tem 53 anos. O vice-prefeito eleito é Odair Pez.

No município de Petrolândia (SC), os nomes que disputam a preferência do eleitorado são os seguintes: Ângela da Mota (MDB), Edson Padilha (Pode) e Irone Duarte (PP). No município a apuração foi acirrada e Irone saiu vitorioso com apenas 16 votos de diferença, ele teve 2.195 dos votos. A cidade possui pouco mais de 5 mil eleitores. Junto com o vice é Egon Weber (PSD), Duarte vai comandar o município até 2024.

Ao fim da apuração, Duarte teve 47,98% dos votos. O candidato derrotou Angela Adriana Krindges (MDB), que ficou em segundo lugar com 47,63% (2.179 votos). O último colocado, Edson Silva Padilha (Podemos), recebeu 201 votos, o que representou 4,39% dos votos válidos.