25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Complexo regulador deve melhorar atendimento à população que necessita do SUS

A- A+

O governador do Estado, André Puccinelli (PMDB), entregou na manhã de hoje a da reforma e ampliação do prédio do Complexo Regulador do Estado. De acordo com o governador, o objetivo é fazer com que os pacientes que dependem do SUS (Sistema Único de Saúde), tenham melhor atendimento.

Conforme explicou o governador , Mato Grosso do Sul foi o primeiro estado do país que assinou, com todos os municípios o pacto pela saúde, no ano de 2007. Foram então criadas as macrorregiões nos municípios de Corumbá , Dourados, Três Lagoas e em Campo Grande, para atender pacientes de municípios que fazem parte da macro-região.

O centro regulador irá ser tocado pela prefeitura municipal da Capital, que tem a gestão plena, e por isso, através das centrais interligadas via web, com outros 32 municípios, irá trabalhar para a destinação dos pacientes, para que ninguém, por exemplo, viaje para outra cidade sem saber se há ou não vagas.

De acordo com o gerente de supervisão médica, Robson Fukuda, o centro irá entrar em vigor no prédio no primeiro trimestre de 2015. Hoje, o complexo se encontra no bairro Tiradentes, e com a mudança, trará melhorias para a população,

“A ideia é descentralizar, construir macro centrais para organizar as ofertas, serviços, consultas e exames”, disse Fukuda. O responsável pelo complexo, de acordo com  o gerente, será a prefeitura que deverá dobrar ou triplicar a demanda de funcionários, que hoje é de 150.

Foram investidos na reforma e ampliação do prédio, mais de R$ 5,6 milhões, sendo que 20% são recursos oriundos do Estado e o restante é uma parceria com o governo federal.

Tayná Biazus