19 de janeiro de 2022
Campo Grande 34º 24º

Política

Construção da nova feira representa mais segurança e aumento nas vendas, relatam feirantes

A- A+

Muito além de um novo prédio, a inauguração da Feira Central representa para os feirantes a oportunidade de trabalhar com mais segurança, oferecer um serviço de maior qualidade e representa aumento no faturamento ao final do mês, segundo relatou os comerciantes.

Há 14 dias da inauguração da obra, marcada para o dia 10/12 (sexta-feira), os feirantes aguardam ansiosos para começar a trabalhar nas novas instalações, com a nova infraestrutura e dinâmica do local.

É o que ressalta Maria Cicera Vicente Gomes, que comercializa espetinhos e bebidas, ela destaca que conta os dias para entrar no novo espaço. "Parece um sonho, saber que agora não vamos mais nos preocupar quando o clima começar a mudar".

A feirante explicou que quem trabalha com alimento sofre ainda mais com as mudanças do tempo, já que a ventania pode estragar os produtos que oferece. "Quando chove e venta já entramos em desespero, porque dependendo da ventania e força da chuva ficamos sem barraca e sabemos que o movimento será bem menor, pois quando o tempo muda as pessoas não vêm. Mas, agora, não teremos este problema por ter um local coberto" destaca ela que espera o aumento no faturamento no final do mês.

Além do aumento nas vendas, a feirante se diz empolgada em saber que outros problemas também serão resolvidos, como os perigos e acidentes ocasionados pelas chuvas. "Uma vez pegou fogo em uma barraca por conta da fiação que teve contato com água. Eu mesmo tenho medo de fazer suco quando está molhado, pois é tudo 220V e eu já levei choques".

José Francisco Salusiano que comercializa queijos e doces também espera um faturamento maior nas vendas. "Quando muda o tempo, infelizmente, cai o movimento de pessoas, sempre acontece, mas agora com tudo coberto, será diferente".

O vendedor explica que não é somente nos dias de chuva e vento que é necessária atenção com os produtos. "Eu fico o tempo todo mudando os produtos de local, conforme o sol vai mudando, para não correr risco de eles estragarem, no novo prédio não terei esse esforço".

Empolgado, o feirante disse que se pudesse dar uma sugestão a única coisa que seria era ter feira em mais dias da semana. "Olha, para mim, fica perfeito, agora, se ter feira no domingo de manhã e outros dias da semana, seria ótimo, eu acho que vai ter sim, eu estou aguardando, porque será bom para todos, para a população que terá mais dias para vir e para nós que poderemos vender mais", finalizou o comerciante.