09 de maio de 2021
Campo Grande 30º 15º

Política

Covid-19: senadores questionam isenções e privilégios fiscais aos mais ricos em meio à crise

A- A+
 

A comissão temporária da covid-19 debateu a situação fiscal do país e a execução do orçamento com ações de combate à doença. O representante do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, previu um endividamento do país para financiar medidas de enfrentamento à pandemia de 87% do PIB, em 2021. Já os senadores defendem o combate aos privilégios de setores mais ricos da sociedade para ajudar a financiar os gastos.