21 de abril de 2021
Campo Grande 32º 18º

Eleições

De olho na prefeitura, Rose deixa cargo na secretaria de estado

A- A+

Foi publicado em diário oficial nesta sexta-feira (1) o desligamento da vice-governadora, Rose Modesto, do cargo de Secretária de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho, em virtude da pré-candidatura dela a prefeitura da Capital.

O PMDB tem ao menos 9 nomes que estariam politicamente habilitados para disputar a prefeitura de Campo Grande, são eles: os deputados estaduais Beto Pereira, Felipe Orro, Mara Caseiro e Rinaldo Modesto; o deputado federal Eliseu Dionísio; o vereador João Rocha e os secretários Eduardo Riedel e Carlos Alberto Assis.

Ontem o partido anunciou a filiação de 1.600 novos nomes à sigla, durante a reunião era perceptível os principais nomes são Modesto e Assis. Porém, para concorrer à prefeitura ainda é preciso que Rose se licencie do cargo de vice-governadora até 2 de junho quando termina o prazo.

Para concorrer à Prefeitura de Campo Grande, entretanto, ainda é preciso que Rose se licencie do cargo de vice-governadora, prazo que termina no dia 2 de junho. O governador Reinaldo Azambuja declarou a imprensa que ao três principais nomes a prefeitura eram Rose, Assis e o Secretário de Governo Eduardo Riedel, porém não descartou a possibilidades de outros nomes como os do recém filiados Mara Caseiro e Beto Pereira, ambos deputados estaduais.