08 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 22º

NOVELA...

CPI da Energisa é prorrogada até 22 de dezembro

Trabalhos de tal comissão foram paralisados diante do quadro de pandemia

A- A+

Deputados, Felipe Orro (PSDB), Capitão Contar (PSL) e Renato Câmara (MDB) pediram nesta quarta (20.out.21) a prorrogação do prazo da realização dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), que investiga se há irregularidades no sistema de medição de energia elétrica realizado pela concessionária Energisa, em Mato Grosso do Sul. 

Conforme o pedido, a extensão vale de 16 de outubro até 22 de dezembro. "Defere-se o pedido de suspensão do prazo de realização dos trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito instalada pelo Ato nº 61/2019 (CPI-Energisa/2019) retroativamente de 16 de outubro de 2021 até a data de 22.12.2021", diz a publicação em Diário Oficial da Assembleia Legislativa. 

Os trabalhos de tal comissão foram paralisados diante do quadro de pandemia.  

De acordo com os deputados, não seria possível realizar as reuniões da Comissão com a proibição da presença do público de fora.

"As sessões da Comissão Parlamentar de Inquérito são acompanhadas por membros do Ministério Público, Defensoria Pública, OAB, Procon e por representantes da empresa Energisa, o que acaba infringindo o protocolo de medidas para prevenção ao contágio pelo Coronavírus, razão pela qual a suspensão do prazo de tramitação da CPI resta necessária", afirmam os deputados no requerimento.

Leia a decisão na íntegra, clicando aqui (está na página 13). 

Tags: CPI, Energisa