04 de agosto de 2021
Campo Grande 28º 14º

Deputado anuncia liberação de R$ 46 milhões do PAC 2 para execução de obras em Mato Grosso do Sul

A- A+

A lista oficial dos municípios de Mato Grosso do Sul contemplados dentro da segunda fase do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento) para obras de saneamento básico foi divulgada no último sábado pelo deputado federal Vander Loubet (PT). São aproximadamente R$ 46 milhões que serão repassados pela Funasa (Fundação Nacional de Saúde) para ações em 15 municípios, onde alguns dos projetos serão executados pelas prefeituras e outros pelo Governo do Estado.

Alcinópolis, Angélica, Bataguassu, Bela Vista, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Glória de Dourados, Juti, Novo Horizonte do Sul, Rio Verde de Mato Grosso, Santa Rita do Pardo e Sidrolândia foram contempladas por meio da ação do deputado Vander com o senador Delcídio do Amaral (PT). Já a inclusão de Bonito, Cassilândia e Costa Rica na lista foi possível graças à intervenção de Vander e do senador Waldemir Moka (PMDB).

"Obras de saneamento básico são uma ação de saúde. Melhorar e aumentar o acesso da população a algo tão básico como abastecimento de água tratada e coleta e tratamento de esgoto garante mais qualidade de vida para as pessoas, evita uma série de doenças e riscos à saúde. Deixo aqui registrado meu agradecimento ao Aristides Ortiz, servidor de carreira da Funasa, que era o chefe da Divisão de Engenharia e Saúde Pública do órgão e que recentemente passou a ocupar o cargo de superintendente estadual. O trabalho dele e de toda a equipe técnica da Funasa merece nosso reconhecimento", afirma Loubet.

De acordo com a Funasa, a liberação dos recursos será assinada pela presidenta Dilma Rousseff (PT) durante solenidade no Palácio do Planalto na terça-feira (6), às 10 horas.

Conheça os projetos aprovados:

Alcinópolis – A Sanesul vai receber R$ 2,16 milhões para executar obras de ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Serão implantados quase 19 km de rede coletora de esgoto, com 835 ligações domiciliares, e 1,8 mil metros de interceptores, atingindo índice de 100% do município com rede coletora de esgoto implantada. As ligações devem beneficiar quase 3 mil pessoas.

Angélica – O governo federal aprovou o repasse de R$ 7,67 milhões à Sanesul para ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Está prevista a implantação de 35,5 km de rede coletora de esgoto, 1.179 ligações domiciliares, estação elevatória e nova Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A ação vai beneficiar pelo menos 4.800 pessoas.

Bataguassu – Mais uma obra a ser executada pela Sanesul. O governo federal vai investir R$ 4,1 milhões na ampliação do sistema de esgotamento sanitário. A obra prevê 70,7 km de rede coletora de esgoto, 3.858 ligações domiciliares, 6 estações elevatórias de esgoto e ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). Deve beneficiar diretamente mais de 13.000 pessoas

Bela Vista – A Prefeitura teve aprovado o repasse de R$ 1,79 milhão para ampliação e melhoria do sistema de esgotamento sanitário. Serão implantadas 3 estações elevatórias de esgoto bruto na região dos bairros Água Doce e Nova Bela Vista, 21 km de rede coletora de esgoto e 1.100 ligações domiciliares. A ação vai beneficiar 2.650 pessoas.

Bonito – A Prefeitura receberá R$ 2,15 milhões para obras de ampliações e melhorias da rede de esgoto da cidade: implantação de tanque de equalização com capacidade para 1500 m³, destinado a represar água de fortes chuvas; ampliação do sistema de floco decantação, filtração e leitos de secagem de lodo da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE); e urbanização (pavimentação e outros serviços) da ETE, incluindo a melhoria de vias de acesso para cargas e descarga de produtos químicos e equipamentos.

Cassilândia – O Município vai receber R$ 4,99 milhões para obras de ampliação e reforma do sistema de abastecimento de água. Serão implantados três poços para captação (nas ruas São João, Edilse Rosa Souza – próximo à Av. Barbosa Dias – e Salvina M. de Jesus – na esquina com a Rua Domingos S. Coelho), quatro adutoras, um reservatório elevado (no Centro de Reservação, na saída para Chapadão do Sul) e uma unidade de tratamento para simples desinfecção. Também estão previstas 285 ligações domiciliares com hidrômetros.

Deodápolis – A Sanesul receberá do governo federal R$ 1,36 milhão para obras de ampliação e melhorias do sistema de esgotamento sanitário. Haverá implantação de poço tubular profundo, adução, reservação, estação elevatória e rede de distribuição, que permitirão atender a demanda atual e futura do município. Famílias beneficiadas: 3.474 (10.709 pessoas).

Dois Irmãos do Buriti – O governo federal vai investir R$ 5,66 milhões na ampliação do sistema de esgotamento sanitário. A obra, a ser executada pela Sanesul, prevê 37,5 km de rede coletora, 1.500 ligações domiciliares, 1,13 km de coletor tronco, uma estação elevatória e 5,2 km de linha de recalque. Vai beneficiar 5.100 pessoas.

Costa Rica – A Administração Municipal  terá investimento deR$ 3,4 milhões do governo federal para construção de uma nova Estação de Tratamento de Esgoto, tendo em vista que a atual ETE está sobrecarregada.

Glória de Dourados – A Prefeitura Municipal vai receber pouco mais de R$ 1 milhão para sistema de abastecimento de água. As obras devem incluir perfuração de poço tubular profundo, adutora de água bruta com 1,2 km, sistema de tratamento de cloração gasosa, construção de reservatório apoiado de 500 m3, adequação de Estação Elevatória de Água Tratada, ampliação e adequação da Rede de Distribuição e implantação de 120 ligações domiciliares de Água. Pelo menos 3.650 famílias (9.919 pessoas) serão beneficiadas.

Juti – Mais uma obra a ser executada pela Sanesul. O governo federal vai investir R$ 2,6 milhões na ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Serão 41 km de rede coletora, 810 ligações domiciliares, 4 estações elevatórias, 4 linhas de recalque e implantação de Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). As obras vão beneficiar 2.592 pessoas.

Novo Horizonte do Sul – Haverá ampliação do sistema de esgotamento sanitário. A Sanesul vai receber do governo federal o valor de R$ 2,36 milhões, que serão aplicados na implantação de 18,6 km de rede coletora, 1.018 ligações domiciliares, construção de duas estações elevatórias de esgoto, 1,5 km de linha de recalque e melhorias na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE). A ação vai beneficiar 3.156 pessoas.

Rio Verde de Mato Grosso – O governo federal vai repassar à Prefeitura Municipal R$ 2,23 milhões, que serão investidos na implantação de rede de esgotamento sanitário no Bairro Campo Alegre. A obra deve beneficiar diretamente 808 famílias (2.424 pessoas).

Santa Rita do Pardo – O governo federal aprovou o repasse de R$ 1,7 milhão à Sanesul para ampliação do sistema de esgotamento sanitário. Serão implantadas rede coletora de esgoto, ligações domiciliares e 3 estações elevatórias com suas respectivas linhas de recalque. Serão beneficiadas 1.359 famílias (3.500 pessoas).

Sidrolândia – O governo federal vai investir R$ 2,4 milhões no sistema de abastecimento de água. A obra, a ser executada pela Sanesul, prevê otimização das elevatórias, ampliação dos sistemas de cloração e fluoretação, implantação de 2,7 km de adutoras, implantação de 10,2 km de rede, construção de 2 centros de reservação e reforço e substituição de redes. A ação deve beneficiar 12.979 famílias (42.026 pessoas).

Dany Nascimento