17 de junho de 2021
Campo Grande 26º 15º

ALMS

Deputados cumprem juramento solene e lideranças prometem luta contra desigualdades

A- A+

Os 24 deputados estaduais eleitos em outubro do ano passado prestaram há pouco o juramento solene de posse, um dos capítulos do ritual de investidura dos mandatos na Assembleia Legislativa. Com o Palácio Guaicurus – sede da AL, no Parque dos Poderes – totalmente cheio, a cerimônia mobilizou algumas das principais autoridades do Estado, ente as quais o governador Reinaldo Azambuja, o prefeito de Campo Grande, Gilmar Olarte, presidentes e dirigentes dos tribunais de Justiça, Regional Eleitoral e de Contas.

Na abertura, foram executados os hinos Nacional e do Estado. Em seguida, o juramento e depois os discursos dos parlamentares indicados para falar pela bancada, não necessariamente com líderes, condição que se oficializará nos próximos dias. Alguns partidos já definiram quem vai liderar a bancada. No PT é Pedro Kemp; no PDT, Beto Pereira. Hoje, os primeiros a falar pelos partidos foram os deputados Maurício Picarelli (PMDB), Pedro Kemp (PT) e Rinaldo Modesto (PSDB).

Picarelli reafirmou o compromisso que, segundo ele, vem sendo cumprido pela sigla na história política sulmatogrossense. Frisou que a identificação do PMDB é com o interesse da sociedade e que os mandatos se destinam a fortalecer o poder Legislativo, fiscalizar o Executivo e apontar soluções para os grandes problemas.

O petista Pedro Kemp voltou a destacar que a bancada não fará oposição ao Estado, mas procurará sempre marcar as diferenças ideológicas e pontuais em relação ao governo tucano. Avisou que será dura, mas responsável, a fiscalização do Executivo. “Vamos fiscalizar o governo, exigir transparência e moralidade no trato da coisa publica e apresentar sugestões. Não queremos o quanto pior melhor; queremos o quanto melhor, melhor”, afiançou.

O deputado Maurício Picarelli (PMDB), por ser primeiro vice-presidente da gestão anterior - o presidente era Jerson Domingos, que assumiu o Conselho do Tribunal de Contas - é quem preside a cerimônia. Agora está sendo iniciada a votação da Mesa Diretora, com chapa única que tem Júnior Mochi (PMDB) na presidência e Zé Teixeira (DEM) na 1ª secretaria, os cargos mais importantes.