26 de outubro de 2021
Campo Grande 29º 21º

ALEMS

Deputados lamentam morte de Cacá da FM Capital e de Farid Afif

2º secretário da Casa de Leis, solicitou união das forças de segurança e governo dos Brasil e Paraguai para enfrentar facções na fronteira

A- A+

Os deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) utilizaram a tribuna virtual nesta manhã (13) para lamentar as mortes do empresário e comunicador Carlos Eduardo Longo de Faria, conhecido como Cacá, diretor da FM Capital 95, e do vereador Farid Afif (DEM-Ponta Porã), ambas ocorridas no último final de semana. Apresentada inicialmente pelo deputado João Henrique (PL), a moção de pesar pelo falecimento de Cacá, foi aprovada e assinada em seguida por todos os parlamentares e será enviada à família em nome da Casa de Leis.

O deputado estadual Neno Razuk (PTB) apresentou a moção de pesar pela morte do vereador Farid Afif, também aprovada e transformada em moção da Assembleia Legislativa. "Vítima de violência na cidade de fronteira, cidade que ele sempre defendeu. Homem que veio do interior de São Paulo [SP] para morar aqui em Mato Grosso do Sul [MS]. Um grande representante político", frisou. 

Herculano Borges (Solidariedade), 2º secretário da Casa de Leis, solicitou união das forças de segurança e governo dos dois países."Tive a alegria de conhecê-lo no início do mês, um sentimento difícil nesse período, logo no final de semana outro crime brutal em Ponta Porã. Que o Governo Federal, o paraguaio e as nossas polícias possam elucidar esse caso, trazendo então mais segurança para nossas fronteiras", disse o parlamentar.

O deputado Professor Rinaldo (PSDB) também comentou as mortes. "Com muita tristeza lamento profundamente o assassinato de um jovem [Farid Afif] de forma terrível, é importante e mais do que nunca os governos dos dois países se unirem mesmo, devido a disputa por território existente naquela região. Esperamos que a paz volte a reinar naquela região. Sobre o Cacá, lamentamos profundamente, era uma pessoa extremamente querida, eu o conhecia há 30 anos desde a época da AM Capital, tínhamos uma relação de amizade, estamos muito tristes. Que dias melhores venham e a paz possa reinar em nosso Estado", declarou.