15 de junho de 2021
Campo Grande 28º 15º

Em nota, governador diz que matéria publica em blog é mentirosa

A- A+

O governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), publicou hoje, uma nota de esclarecimento no site do governo rebatendo informações publicadas no blog do jornalista Josias de Souza, da Folha de São Paulo, sobre possíveis declarações que o governador teria feito contra a presidente reeleita, Dilma Rousseff (PT).

Ontem, o jornalista disse que, em reunião do PMDB em Brasília, Puccinelli referiu a Dilma como “essa mulher”. Publicou, ainda, que o André teria dito que a presidente não merece crédito. “Acha que, considerando-se o modo como Dilma sempre tratou o PMDB, o partido tem que ‘arrancar tudo dela’ se for participar do governo no segundo mandato”, descreve Josias em uma parte do texto.

Em nota, Puccinelli disse que o conteúdo do texto não é verdadeiro. “A informação é mentirosa porque nunca fiz qualquer declaração com esse sentido e tenho por testemunhas todos os presentes aos encontros do partido, em particular do presidente regional do PMDB, Junior Mochi, dos senadores Waldemir Moka e Simone Tebet e do deputado federal eleito Carlos Marun”, afirma em nota de esclarecimento.

Durante agenda pública na de hoje, também criticou a veiculação de matérias em blog do Uol sobre supostas declarações em relação à presidente Dilma atribuídas a ele. ”Isso não é verdade, já conversei com Temmer sobre isso. A única coisa que disse sobre Dilma é que gostaria de me reunir com ela e com o governador eleito do nosso Estado Reinaldo Azambuja.

Nota na íntegra

A notícia publicada no jornal Correio do Estado de hoje (06/11), que reproduz matéria do colunista Josias de Souza, veiculada ontem (05) em seu blog, atribuindo a mim comentários desairosos a respeito da presidente Dilma Rousseff e da participação do PMDB no Governo não é verdadeira. A informação é mentirosa porque nunca fiz qualquer declaração com esse sentido e tenho por testemunhas todos os presentes aos encontros do partido, em particular do presidente regional do PMDB, Junior Mochi, dos senadores Waldemir Moka e Simone Tebet e do deputado federal eleito Carlos Marun.

Ao contrário do que foi noticiado e como sabem todos os sul-mato-grossenses, tenho pela presidente Dilma Rousseff manifesta admiração e respeito, além de reconhecer publicamente minha gratidão pelo apoio que tem dado ao nosso Estado. Em Brasília, nas reuniões do PMDB, sustentei o apoio e a participação do partido no governo de forma altiva, colaborativa e republicana.  Essa posição, por sinal, reflete o meu comportamento na campanha eleitoral, quando apoiei publicamente nos dois turnos a candidatura vitoriosa da presidente Dilma.

Lamento que, por ignorância ou má fé de terceiros, jornais e jornalistas tenham sido levados a veicular essa informação mentirosa. Estendi esses esclarecimentos ao jornalista Josias de Souza e reafirmo que não fiz quaisquer dos comentários a mim atribuídos. O governador de Mato Grosso do Sul sempre esteve ao lado da presidente Dilma, compartilhando com ela ao longo do seu mandato os mesmos objetivos de construir um Estado e um País justos e com desenvolvimento para todos.

Karla Machado