20 de junho de 2021
Campo Grande 25º 13º

Política

Em Porto Murtinho, presidente destaca importância de ponte ao desenvolvimento de MS

A- A+

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB), participou, nesta segunda-feira (17), em Porto Murtinho, de evento que marca a retomada do projeto de construção da ponte internacional sobre o rio Paraguai. O parlamentar destacou a importância do empreendimento para o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul. As obras devem ter início em meados do próximo ano e a licitação do empreendimento foi anunciada para 1º de julho.


Autoridades de MS e do Paraguai durante o evento desta segunda-feira

A ponte ligará Porto Murtinho à cidade paraguaia de Carmelo Peralta, acesso fundamental no projeto da Rota Bioceânica Brasil-Chile. No encontro desta segunda-feira, que contou com a presença do governador Reinaldo Azambuja, secretários estaduais, autoridades paraguaias e representantes da Itaipu Binacional, foi firmado o compromisso do governo paraguaio de retomada do projeto. O diretor-presidente da Itaipu Binacional paraguaia, Manuel Maria Cáceres Cardozo, afirmou que a licitação está prevista para o dia 1º de julho deste ano e as obras devem começar em meados de 2022.

Na avaliação do deputado Paulo Corrêa, o compromisso ratificado hoje pelo Paraguai vai impulsionar a competitividade e o desenvolvimento econômico de Mato Grosso do Sul. "Já podemos dizer que a ponte é uma realidade para nós, estamos vivenciando hoje um dia realmente histórico, fruto de um grande projeto do governador Reinaldo Azambuja de promover o desenvolvimento nas fronteiras e tornar nosso Estado mais competitivo", afirmou.


Vista do rio Paraguai, na cidade de Porto Murtinho  

Para o governador Reinaldo Azambuja, com o investimento em infraestrutura a região deixará de ser o fim de linha para se transformar no centro da integração latino-americana. "Essa ponte proporciona mais do que a integração física, mas a abertura de uma nova rota de circulação de mercadorias e riquezas, além de fomentar o turismo e estreitar nossas relações culturais", acrescentou.

Cáceres Cardozo destacou que a retomada do projeto e o avanço das obras de pavimentação asfáltica indicam o compromisso do país vizinho com a integração latina e, sobretudo, com o Brasil e Mato Grosso do Sul.

Projeto  Conforme o projeto executivo, a ponte terá 1,3 mil metros de extensão, com 360 metros de vão e 22 de altura. É calculada para suportar tráfego de caminhões bitrens, pista dupla e acesso para pedestres. Concluído o processo licitatório, com previsão para o 2º semestre de 2021, a obra, orçada em R$ 84 milhões, será iniciada, com duração média de 33 meses.

Agenda - Após o ato no rio Paraguai, as autoridades seguiram para o lançamento do programa Cidade Empreendedora, parceria entre a prefeitura de Porto Murtinho e o Sebrae. O objetivo do programa é proporcionar condições de desenvolvimento e potencializar atrativos turísticos do município.