01 de dezembro de 2021
Campo Grande 32º 19º

Em reunião com petistas, Lula ridiculariza investigações envolvendo familiares

A- A+

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT)  achincalhou as investigações que envolvem integrantes de sua família durante reunião ocorrida nesta quinta-feira (29), no Diretório Nacional dos Trabalhadores.

Aos presentes no encontro, Lula  brincou com as suspeitas de envolvimento de seus familiares com desvios de recursos investigados nas operações Lava Jato e Zelotes da Polícia Federal. “Tem 19 pedidos de impeachment. Denúncia contra o presidente da Câmara,  contra o presidente do Senado, contra o filho do Lula, denúncia contra o Lula. Ainda tenho mais três filhos que não foram denunciados e mais sete netos, e ainda tenho uma nora que está gravida”, disse.

A Polícia Federal  efetuou operação de busca e apreensão, na segunda-feira (26)  no escritório da LFT Marketing Esportivo, de Luiz Cláudio Lula da Silva, filho caçula do ex-presidente. De acordo com as investigações a empresa recebeu  R$ 2,4 milhões da Marcondes & Mautoni , suspeita de intermediar  venda de uma medida  provisória que desonera de impostos montadoras de veículos,  aprovada no governo Lula.  Segundo a PF, ainda há declaração feita pelo lobista Fernando Soares de que foi destinado R$ 2 milhões a “ uma nora” de Lula, por meio de um amigo do então presidente, pecuarista José Carlos Bumlai.