18 de maio de 2021
Campo Grande 32º 19º

Política

Empreendedorismo e empoderamento é destaque em ações realizadas com reeducandas de MS

A- A+

Com foco na valorização do potencial feminino, a campanha "O protagonismo das Mulheres Sul-Mato-Grossenses: Empoderamento e Empreendedorismo" foi desenvolvida com mulheres em situação de prisão de Mato Grosso do Sul.

Considerado o mês da mulher, a ação foi realizada em março nos estabelecimentos penais femininos de Corumbá, Jateí, Rio Brilhante e São Gabriel do Oeste.

Por meio de parceria firmada entre a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) e a Subsecretaria de Estado de Políticas Públicas para Mulheres, a iniciativa também marca o início do programa Recomeçar.

Internas de diferentes cidades de MS participaram das lives

Lançado em agosto do ano passado, o programa é gratuito e consiste no desenvolvimento de atividades virtuais como lives e oficinas, enfatizando o empoderamento, empreendedorismo e empregabilidade das mulheres, independente da situação atual em que se encontram.

O trabalho também conta com o apoio da Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul (Funtrab), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/MS) e Instituto Rede Mulher Empreendedora (IRME).

Dentre os temas abordados também está autoimagem, networking, ferramentas digitais, orientações para inserção no mercado de trabalho e desenvolvimento de oficinas "Ela Pode".

O objetivo é buscar o empoderamento das mulheres em situação de vulnerabilidade socioeconômica, proporcionando conhecimento para incremento na renda pessoal, aumento da autoestima e da autoconfiança, o que contribui diretamente para a elevação da taxa de empregabilidade, bem como, impulsionamento para a abertura de novos negócios.

Responsável pela supervisão das atividades, a chefe da Divisão de Promoção Social da Agepen, Marinês Savoia, destaca que as lives estão sendo desenvolvidas graças à união de esforços e terá continuidade nos próximos meses, abrangendo todas as unidades penais femininas do estado. "A intenção é proporcionar mecanismos para que essas mulheres conquistem oportunidades e valorização no mercado de trabalho, após seu retorno à sociedade", enfatizou.

Todas as ações que incentivem a reinserção social dos apenados, seja pelo trabalho, educação ou social são coordenadas pela Diretoria de Assistência Penitenciária da Agepen.

Tatyane Santinoni, Agepen

Fonte: Governo MS