19 de abril de 2021
Campo Grande 31º 20º

Superfaturamento

Empresa investigada pelo MPE vai receber R$ 1 milhão do Estado para fornecer alimentação a presos

A empresa Real Food, alvo de investigação do Ministério Público Estadual (MPE), assinou contrato com governo do Estado e vai receber R$ 1.042.541,28 milhão para fornecer alimentação para presos estaduais. 

Conforme publicação da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) da edição desta quarta-feira (13) do Diário Oficial do Estado, a Real Food será responsável pelo fornecimento de marmitex para detentos de estabelecimentos penais estaduais durante 12 meses.

A empresa é investigada pela 29ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público, por contratos firmados com Prefeitura de Campo Grande para fornecer alimentação para funcionários da Secretaria Municipal da Saúde (Sesau).

O contrato investigado foi assinado em 2010, ainda na gestão do prefeito Nelson Trad Filho (PTB), e desde então tem sido aditivado pelo Município. Ao todo, foram identificados pelo MPE, seis aditivos e valor total gasto pela Prefeitura com contrato, até momento, é de R$ 7,4 milhões.