14 de abril de 2021
Campo Grande 33º 19º

Improbidades administrativa

Ex-governador vai recorrer de decisão judicial

O ex-governador e atual deputado federal Zeca do PT irá recorrer da decisão que o condenou por improbidade administrativa, por ter nomeado servidores que passaram no concurso público no final do seu mandato em 2006. 

De acordo com advogado Newley Amarilha,  defensor do ex-governador nesta ação, como retaliação ao ex-governador Zeca, logo que assumiu o governo, André Puccinelli (2007-2014) demitiu todos os 75 servidores nomeados em questão, informando que não teria recursos para pagá-los, no entanto, seis anos depois, os servidores conseguiram ser reincorporados ao quadro de servidores estaduais, por meio de uma decisão no Supremo Tribunal Federal (STF), que reconheceu a legalidade do ato do ex-governador Zeca do PT, indenizando-os por conta dos anos afastados do exercício do cargo público indevidamente. 

Amarilha afirma que irá recorrer da decisão nos próximos dias, pois o caso não é passível de condenação por improbidade. O recurso deve ler ser levado ao Tribunal de Justiça.