02 de dezembro de 2021
Campo Grande 31º 21º

Ex-presidente FHC critica Dilma por 'emperrar política social no Brasil'

A- A+

Durante agenda pública em Campo Grande, nesta sexta-feira (13), o ex-presidente Fernando Henrique Cardozo (PSDB) deixou claro sua visão em relação à presidente Dilma Rousseff (PT) e embora tenha evitado usar termos já ditos por ele no passado, como "renúncia com grandeza", não poupou críticas à petista por suas decisões políticas e econômicas e pelo reflexo negativo gerado com impacto das ações do governo não só no setor econômico, mas também na área social. 

"Precisamos no Brasil alguém que não emperre a politica social. Ministérios, partidos, isso ficou fora de controle", disse Fernando Henrique, que está na Capital para lançamento da unidade Ruth Cardozo (in memorian) que integra programa Rede Solidária no Estado. 

Durante coletiva de imprensa, Fernando Henrique criticou situação atual da economia brasileira e disse que Dilma precisa encontrar novas formas de conter gastos e gerar recursos sem onerar excessivamente população brasileira com altas taxas de impostos.

"Existem muitos problemas que já sabemos e existe uma agenda nacional. Não quero personalizar nada, até me dou bem com a presidente mesmo com nossas diferenças, mas acredito que as coisas precisam mudar".