30 de novembro de 2021
Campo Grande 31º 22º

Coaf

Flávio Bolsonaro gastou mais de R$ 4 milhões com apartamentos desde 2014

A- A+

Documentos de cartórios do Rio de Janeiro mostram que o hoje senador Flávio Bolsonaro (PSL) adquiriu dois apartamentos, entre 2014 e 2017, em bairros nobres do Rio, com o custo aproximado de R$ 4 milhões. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com a publicação, o valor declarado pelos compradores e vendedores dos imóveis é menor do que o utilizado pela prefeitura na cobrança de impostos. As negociações aconteceram durante o mesmo período em que o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) detectou movimentações de R$ 7 milhões nas contas de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio.

Em documentos obtidos nos cartórios pela Folha, em junho de 2017 o filho do presidente quitou uma dívida com a Caixa de aproximadamente R$ 1 milhão para adquirir um dos apartamentos no bairro das Laranjeiras. O imóvel, na sequência, foi comprado na planta por R$ 1,7 milhão. Ao se desfazer do patrimônio, em 2017, o valor era de R$ 2,4 milhões.

Em seguida, Flávio Bolsonaro adquiriu um imóvel na Urca com valor registrado de R$ 1,5 milhão e vendido em maio do ano passado. Ao programa Domingo Espetacular, da TV Record, ele afirma que o pagamento do título bancário se refere à negociação imobiliária. Flávio ainda levou papéis, mas não mostrou para o entrevistador. Ele, por fim, diz que parte recebida em dinheiro vivo explica os depósitos em sua conta.