13 de junho de 2021
Campo Grande 25º 11º

Futuro chefe da casa civil Riedel vai a Brasília com Reinaldo em agenda institucional

A- A+

O presidente da Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) Eduardo Riedel, que irá assumir a Casa Civil na gestão tucana, já começou a acompanhar o futuro governador eleito do Estado Reinaldo Azambuja (PSDB) em agenda institucional.

Na manhã de hoje, Riedel foi para Brasília participar do evento “Pacto pela Boa Governança: Um Retrato do Brasil”, realizado pelo TCU (Tribunal de Constas da União) mostrando que já começou a cumprir a função de “braço direito” de Azambuja.

Riedel foi convidado oficialmente por Reinaldo Azambuja, para fazer parte da equipe tucana, no último dia 6, em frente a uma plateia de produtores rurais que acompanhavam assembleia geral da entidade.

Azambuja ofereceu inicialmente a Riedel cargo de secretário sem, no entanto, especificar a pasta. A expectativa era que Eduardo assumisse uma das pastas da Seprotur (Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo). No entanto, ele irá ficar com a função de braço direito do chefe do Executivo e coordenará as ações da gestão tucana.

Além da experiência no setor do agronegócio, Azambuja destacou a capacidade de gestão de Riedel, que hoje também acumula a função de vice-presidente diretor da CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil).

Karla Machado