26 de fevereiro de 2021

Com ressalvas

Governador consegue autorização para empréstimo de U$ 734 milhões de instituições do exterior

O governo de Mato Grosso do Sul conseguiu autorização da União para solicitar empréstimo na ordem de U$ 734,65 milhões a instituições financeiras internacionais.

A autorização é assinada pelo Secretário-Executivo da Comissão de Financiamentos Externos, Rodrigo Estrela de Carvalho, e endossada pelo ministro do planejamento, Valdir Simão.

Diante da autorização, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) poderá cumprir uma de suas metas de campanha que é melhorar perfil de endividamento do Estado, reduzindo juros pagos atualmente para quitar a dívida com União, atualizada em R$ 7,8 bilhões, pagos em parcelas mensais de R$ 80 milhões.

Com empréstimo, o governo espera reduzir valor gasto com juros em aproximadamente 15,5% ao ano. No Brasil, segundo declarações do governador, os juros cobrados em empréstimos são de 20% ao ano. No caso de instituições financeiras do exterior, esse percentual cai para 4,5% ao ano.

A medida foi autorizada com algumas ressalvas. Entre elas, a de que Estado terá de apresentar contrapartida, para garantir que tem condições de arcar com empréstimo, de pelo menos U$ 378 mil.