14 de junho de 2021
Campo Grande 27º 13º

Governador diz que redução do ICMS não tem a ver com competitividade com Paraguai

A- A+

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou hoje de manhã que se o Estado  reduzir a alíquota do ICMS, como os candidatos ao governo do Estado estão dizendo que vai baixar e também acabar com o antecipado, Mato Grosso do Sul vai quebra e que isso não tem a ver com a competitividade com o Paraguai. “Não tem nada a ver, que a questão do Paraguai é em relação ao dólar e ao cambio, que são coisas bem diferentes”, disse o governador. André explicou que tem oito ou nove cidades na área de fronteira que revitaliza esta situação. “É a mesma coisa que tirar a zona franca de Manaus, se tirar o Amazonas quebra, essa questão tem a ver com a flutuabilidade do cambio”, afirmou. O governador disse que abrirá as portas para o governador eleito e mostrar os números  e que Mato Grosso do Sul não está perdendo competitividade. “Essa demanda de brasileiros para o Paraguai é natural devido a fronteira seca, quando o dólar está baixo tem uma grande migração para o Paraguai, mas quando está alto a população fica aqui, comprando aqui”, finalizou. Leide Laura Meneses e Tayná Biazus