12 de abril de 2021
Campo Grande 32º 20º

Meta

Governo cumpre 75% das ações planejadas para 2016 em MS

Aproximadamente 75% das iniciativas planejadas pelo Governo de Mato Grosso do Sul para serem entregues à sociedade no exercício de 2016 estão sendo realizadas dentro do prazo. No total, são 204 ações previstas pelas secretarias estaduais e Procuradoria Geral do Estado (PGE) no início do ano, sendo que 85% delas também estão dentro dos custos planejados.

Os percentuais estão sendo apresentados durante o terceiro ciclo do ano de reuniões com secretários e gestores estaduais para avaliação do Plano de Gestão Estratégica, elaborado e em execução no Executivo Estadual.  Realizado pela Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), o acompanhamento das iniciativas acontece nesta quarta e quinta-feira (25 e 27), na Governadoria.

Entre as iniciativas já concluídas está a execução do Programa Estadual de Apoio aos Pequenos Negócios (Propec), uma ação da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento (Semade). “O Estado não tinha área para cuidar dos pequenos negócios”, disse o titular da pasta, Jaime Verruck. Um dos desdobramentos diretos desta ação foi o aumento do teto do Simples anunciado pelo governador Reinaldo Azambuja na semana passada, saindo de um faturamento de R$ 2,5 milhões para R$ 3,6 milhões anuais. Com essa alteração, o regime tributário simplificado vai beneficiar 33 mil empresas no Estado.

O modelo de gestão que está sendo implantado no Estado está dividido em quatro eixos: Social, Infraestrutura, Econômico e Ambiental e Gestão. “Estamos implementando uma cultura de gestão que pressupõe ações planejadas, buscando dar maior eficiência para a aplicação dos recursos públicos”, define o titular da Segov, Eduardo Riedel.

A rede de gestão do governo estadual envolve cerca de 250 servidores em funções diversas e envolve os superintendentes e secretários em atividades regulares de acompanhamento. Para o superintendente de Gestão da Segov, Thaner Nogueria, a rede tem sensibilizado os servidores para a busca de resultados. “Mais importante que criar um modelo é o envolvimento em fazer com que as entregas se concretizem”, avalia.

Verruck foi um dos secretários presentes nas reuniões realizadas nesta quarta. “Esses encontros que colocam vários secretários na mesa nos permitem redirecionar as ações, se necessário, para o cumprimento das metas”, avalia. “O desafio maior é levar essa cultura (de planejamento e gestão) para 100% dos servidores do Estado”, conclui.

Também participaram das reuniões desta quarta-feira os secretários de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), José Carlos Barbosa; de Saúde (SES), Nelson Tavares;  de Educação (SED), Maria Cecília Amendola da Motta; de Habitação (Sehab), Maria do Carmo Avesani Lopez; de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação (Sectei), Renato Roscoe e de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Elisa Cléia Nobre.

Plano de Gestão – O Plano de Gestão é um documento elaborado pelas secretarias estaduais com o planejamento das obras e realizações prioritárias a serem entregues à população. O planejamento contém ações práticas, com prazos de entrega e forma de comprovação definidas, e é sistematicamente monitorado pela Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov).