25 de junho de 2021
Campo Grande 30º 19º

Nova Andradina

Governo investe R$ 40 milhões em Nova Andradina com obras de pavimentação, drenagem e saneamento

A- A+

Nesta quarta-feira (7.6), o governador Reinaldo Azambuja desembarca em Nova Andradina onde visitará as obras estaduais, como também entrega 20 viaturas para as polícias Militar, Civil e para o Corpo de Bombeiros. Além de Nova Andradina, os municípios de Taquarussu, Anaurilândia, Angélica, Baytaporã, Deodápolis, Glória de Dourados, Ivinhema, Jatei e Novo Horizonte do Sul também serão contemplados pelo Governo do Estado com novas viaturas.  

O município, situado na Costa Leste, recebe o maior investimento do governo estadual em 40 anos de Mato Grosso do Sul, cujo montante deve ultrapassar R$ 40 milhões somente em obras urbanas até 2018. A destinação dos recursos para infraestrutura, habitação, saúde, educação e saneamento é resultado da política municipalista em franco desenvolvimento na gestão de Reinaldo Azambuja.

“Somos um governo que não faz concessões e compromissos pela cor partidária, é um governo que olha para dentro do município, chama o prefeito, as lideranças políticas, para discutir prioridades da população e cumpre a palavra”, afirma o secretário de Estado de Infraestrutura, Marcelo Miglioli, . “Nesse contexto, Nova Andradina, sem dúvida, está sendo plenamente contemplado com obras que estão mudando a vida das pessoas”, acrescentou.

Investimentos

A maior soma de recursos – R$ 23,8 milhões – está sendo aplicada em saneamento básico, dos quais R$ 15,6 milhões da receita própria da Empresa de Saneamento de MS (Sanesul) e R$ 8,2 milhões de convênio com a Fundação Nacional de Saúde (Funasa). O município será ainda beneficiado com a pavimentação asfáltica de 22,8 km da MS-473 e 27 km da MS-134 (Casa Verde), que aguardam processo administrativo para licitação, no valor de R$ 60 milhões.“Por determinação do governador Reinaldo Azambuja, estamos tratando a infraestrutura dos 79 municípios como um todo, onde, no conjunto, possa alavancar o desenvolvimento regional e garantir mais qualidade de vida à população”, ressaltou Miglioli. “A pavimentação e drenagem, por exemplo, evitam doenças e geram mais segurança no trânsito.”

Água e esgoto

Dentre as obras já concluídas pela Sanesul em Nova Andradina, destaca-se a implantação de três estações elevatórias de água, dois reservatórios, 5.699m de adutora de água tratada, 1.538m de adutora de água bruta e ativação de poço tubular profundo com 150m e vazão de 70m³/h. O investimento de R$ 5,5 milhões permitiu a ampliação e melhoria do sistema no bairro Portal do Parque, com a implantação de 800m de rede de distribuição de água.

A construção do novo escritório de atendimento ao cliente da empresa é mais uma obra concluída, com investimento de R$ 1,6 milhão, incluindo a reforma do laboratório, que ganhou novos móveis e equipamentos. Atualmente, está em execução a obra de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE), no valor de R$ 2,9 milhões. O projeto da Funasa prevê a construção de uma nova ETE com uma rede coletora de 14.690m e 735 ligações domiciliares.

Casa Verde

Também foi iniciada neste governo e concluída o novo complexo da Sanesul no distrito de Casa Verde, localizado às margens da BR-267, distante 55 km de Nova Andradina. A obra de R$ 2,8 milhões corresponde a construção de um reservatório apoiado de 300m³ e elevado de 150m³ de concreto armado; elevatória, abrigo de cloração, poço tubular, adutoras, implantação de 1.675m de rede, ampliando em 1.125 o número de ligações domiciliares de água.

Anel viário

O secretário de Infraestrutura adiantou que a implantação do anel viário do município é um compromisso do governador Reinaldo Azambuja com a população local e está garantido, numa extensão de 3,212 km. Orçada em R$ 3,5 milhões, a obra aguarda a conclusão de projeto executivo para licitação. Também em processo de licitação estão dois projetos (etapas 2 e 3) de pavimentação asfáltica urbana e drenagem, no valor de R$ 1,8 milhão.

 
Outra obra em andamento, aguardada há muito pelos moradores do residencial Francisco Alves, é a pavimentação asfáltica e drenagem de águas pluviais, orçada em R$ 1,6 milhão. Também em execução a pavimentação da rua José Gomes da Rocha, com drenagem de águas pluviais, no valor de R$ 716 mil. Obra semelhante foi entregue em 2016 na MS-134, acesso aos bairros Celina Gonçalves, Rodolfo Jareta e Almezina Costa, ao custo de R$ 1,2 milhão.