04 de julho de 2022
Campo Grande 31º 23º

GOVERNO FEDERAL

Governo propõe 'PIX caminhoneiro' de R$ 1 mil e pacote de R$ 30 bilhões

Em meio ao escândalo de corrupção no Ministério da Educação

A- A+

O governo deve levar ao Congresso a criação de um vale para caminhoneiros autônomos de R$ 1 mil, como forma de compensar a alta no preço dos combustíveis. Esse programa está sendo chamado no Executivo de "PIX Caminhoneiro".

A medida precisa ser aprovada pelo Congresso. Em meio ao escândalo de corrupção no Ministério da Educação, Jair Bolsonaro (PL), deflagrou um pacote de R$ 30 bilhões que deve substituir a redução a zero do ICMS sobre o óleo diesel, que chegou a ser anunciada pelo governo, mas que não será viabilizada.  

Além do PIX, o governo bolsonarista disse que vai subir o o valor do Auxílio Brasil para R$ 600 e, ainda,dobrar o preço do 'Auxílio Gás' - que antes só pagava metade de um botijão em 3 estados e não pagava nem a metade de um botijão em MS e MT, como mostramos recentemente aqui no MS Notícias.

Antes mesmo da prisão de Milton Ribeiro e dos pastores , o pacote de ações já era defendido pela cúpula da campanha. A estratégia era criar um fato novo para interromper a agenda negativa de Bolsonaro, que incluía os ataques às urnas, a crise na Petrobras e as mortes do indigenista Bruno Pereira e o jornalista Dom Phillips na Amazônia.

Para viabilizar os novos gastos, a ideia do governo é que seja instituído um estado de emergência, a ser regulamentado em proposta de emenda à Constituição (PEC) em discussão no Senado que deve criar os benefícios.

O estado de emergência está sendo articulado para driblar as restrições impostas pela lei eleitoral — que impede a criação e a ampliação de programas sociais em ano de eleição. As únicas exceções são programas já em execução ou em casos de calamidade pública ou estado de emergência.