25 de setembro de 2021
Campo Grande 36º 21º

DOURADOS

Guarda Municipal, Agetran, PM e Bombeiros farão fiscalização e bloqueios para evitar aglomerações

Para evitar o "fecha tudo" como foi feito em Campo Grande, a Prefeitura de Dourados fez ajustes no decreto municipal durante a semana

A- A+
A Guarda Municipal de Dourados, Agetran, Polícia Militar e Bombeiros vão intensificar a fiscalização neste fim de semana para cumprir as regras que estão no  Decreto Municipal nº 188, do dia 17 de março. O decreto municipal tem por base o decreto estadual que estabelece regras mais rígidas para combater as aglomerações. As operações foram definidas em reunião que contou com a participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Ministério Público Estadual e Prefeitura de Dourados

Para evitar o "fecha tudo" como foi feito em Campo Grande, a Prefeitura de Dourados fez ajustes no decreto municipal durante a semana. Segundo o procurador geral do Município, Paulo César Nunes da Silva, as adequações foram pontuais e têm como finalidade principal evitar as aglomerações em locais públicos e privados. "Nossa única intenção é frear a disseminação do vírus e proteger as pessoas", destacou.

Paulo César também destacou que a Prefeitura de Dourados não pretende adotar, neste momento, medidas restritivas de isolamento social semelhantes às impostas prefeitura de Campo Grande, uma vez que a Capital está com bandeiramento "cinza", o mais crítico, segundo o programa Prosseguir do Governo do Estado. Dourados está com bandeiramento "vermelho", um degrau a menos na escala, mas nem por isso a situação é menos preocupante.

As fiscalizações serão intensificadas em várias regiões da cidade, principalmente na região dos condomínios próximo à saída para Itaporã, onde habitualmente ocorrem aglomeações nos gramados e nas praças. Medidas de proibição de parada e estacionamento de veículos em torno dos residenciais e parques serão inseridas no local, como, pinturas e placas de regulamentação.

 

Faixas amarelas foram pintadas na região dos residenciais indicando com as placas que é proibido parar e estacionar

"Sabemos que as pessoas gostam da região para o lazer e se divertir, mas infelizmente os números da Covid estão alarmantes. Não temos mais leitos disponíveis na cidade e a única alternativa é se proteger. Por esse motivo vamos fiscalizar e contar com o bom senso das pessoas nesse momento tão desafiador", disse a comandante da Guarda Municipal, Liliane Graziele Cespedes de Souza Nascimento.

Além de vedar aglomeração de pessoas em qualquer recinto ou local, público ou privado, sob pena de infração ao art. 268, do Código Penal Brasileiro, e restrita concentração de pessoas em qualquer horário, a prefeitura inseriu no decreto mais um artigo que diz respeito ao fechamento de parques e proibição de aglomerações de pessoas também nas praças. Os telefones para denúncias é o 199 e 153 na Guarda Municipal e o 190 na Polícia Militar.