26 de janeiro de 2021
Campo Grande 30º 21º

Insatisfeitos, servidores da Agepan solicitam apoio para obter plano de carreira

Atendendo ao pedido da deputada Dione Hashioka (PSDB), o presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Jerson Domingos (PMDB) suspendeu a sessão de hoje durante dez minutos, para que Silvia Hafez, que faz parte do conselho de negociação do PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) da Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul), solicitasse o apoio dos deputados estaduais no processo de aprovação do PCCR dos servidores efetivos da agência.

De acordo com Silvia, existe um projeto que foi elaborado em 2005, que necessita da aprovação do governo do Esado. “O projeto está na SAD (Secretaria de Estado de Administração) há dois anos e precisa da aprovação do Governador para ser validado. Contamos com o apoio de todos os parlamentares para conseguir essa votação com mais agilidade para que nós, servidores efetivos da Agepan, possamos contar com o PCCR até o final deste ano”.

Além de reajuste salarial, a categoria pede que seja elaborado um plano de carreira que ofereça benefícios aos servidores, que demonstram insatisfação ao ocupar os cargos.  “Muitos servidores da Agepan deixaram seus cargos e foram para outras áreas porque estavam insatisfeitos. Temos aqui um regime de remuneração e carreiras obsoleto”, ressalta Silvia.

Dany Nascimento