24 de setembro de 2020
Campo Grande 34º 20º

Jerson pedirá licencimento do PMDB na próxima semana

O deputado estadual e presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Jerson Domingos (PMDB) afirmou na manhã de hoje que deve se licenciar do PMDB (Partido do Movimento Democrático Brasileiro), com intuito de apoiar o PT (Partido dos Trabalhadores) na próxima semana.

“Eu vou conversar com o governador André Puccinelli (PMDB) e acredito que até a próxima semana devo estar pedindo para me licenciar do partido. Não vejo necessidade de aguardar a realização das convenções para fazer o pedido, portando na próxima semana estarei fazendo isso”, explica o deputado.

Questionado sobre a decisão tomada pelo PMDB de apoiar o pré-candidato a presidência da república Eduardo Campos (PSB), Jerson acredita que dessa forma o partido receberá um pedido de licenciamento até mesmo da maior liderança do Estado, que é Puccinelli. “Se eles decidiram apoiar o Campos, estão indo contra a vontade governador que deve estar se licenciando também. Acredito que a decisão do Nelsinho (Pré-candidato ao governo do Estado pelo PMDB) em ir contra a vontade do governador acaba prejudicando ele mesmo, porque sem o governador, o Nelsinho não tem respaldo partidário nenhum”.

Jerson ressalta ainda, que muitos membros do PMDB que tiveram presentes na reunião realizada ontem a Câmara Municipal com a presença de Campos, compareceram por questão de respeito não de apoio. “Tenho certeza que muitos compareceram ao encontro ontem por questão de respeito e não por apoiar a decisão”.

Dany Nascimento