20 de outubro de 2020
Campo Grande 30º 21º

Jerson diz que Nelsinho corre risco de dividir poucos votos que tem com Azambuja

O deputado estadual e presidente da ALMS (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul), Jerson Domingos (PMDB) garantiu que a entrada de Reinaldo Azambuja (PSDB) na disputa pelo governo do Estado não interfere na pré-candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) nas eleições de 2014 e afirma que o tucano irá obter parte dos “poucos votos” de Nelson Trad Filho (PMDB).

“Na verdade essa entrada do Reinaldo na disputa não interfere na pré-candidatura do senador Delcídio de forma alguma, acredito que as pessoas que conhecem o trabalho do senador não pretendem mudar de ideia agora. Eu costumo ouvir a população e pelo que vejo de pesquisas, Nelsinho estará dividindo os poucos votos que possui com o Azambuja”, afirma o deputado.

Questionado sobre a possibilidade de um segundo turno com a entrada de Azambuja, Jerson afirma que prefere não fazer previsões e garante que Delcídio continua liderando. “Eu prefiro não fazer previsões, mas tenho certeza que com segundo turno ou não, quem aparece na frente é o Delcídio e isso não muda. É muito difícil prever algo”.

Jerson pretende se licenciar do PMDB para apoiar a pré-candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT).

Dany Nascimento