15 de junho de 2021
Campo Grande 28º 15º

Jerson Domingos acredita em disputa acirrada em MS e no Brasil

A- A+

Acabou de depositar seu voto na urna, o deputado estadual, Jerson Domingos (PMDB). O parlamentar, após cumprir com o dever cívico, disse acreditar em um segundo turno  bastante acirrado entre os candidatos, e  que a diferença entre o primeiro e o segundo colocado não será maior que 50 mil votos. Jerson disse estar otimista e contente com a campanha que seu candidato, Delcídio do Amaral (PT), fez neste período que antecedeu ao 26 de outubro e ressaltou que tanto o petista quanto o tucano, Reinaldo Azambuja, possuem boa formação política, na qual, um possui dois mandatos de senador e o outro tem seu histórico político como deputado federal, respectivamente. “Acho que o resultado não vai ser diferente do primeiro turno. As eleições serão marcadas, tanto no Estado como a nível nacional, com resultados apertados. Isso significa que as propostas apresentadas pelos candidatos convenceram a população e diante disso, as pessoas vão fazer as suas avaliações”. Referente à mudança na forma de fazer política, o deputado disse não saber se ela irá ser melhor ou pior. “Eu, antes de ser um homem público sou cidadão brasileiro, e quero que o resultado seja o mais acertado e que o eleito cumpra com os compromissos assumidos com a sociedade brasileira e com o Mato Grosso do Sul”, disse. Na última pesquisa, realizada pelo Ibope, ontem às 18h e encomendada pela TV Morena, candidato do PT Delcídio do Amaral aparece com 51% das intenções de voto enquanto Reinaldo Azambuja (PSDB) surge com 49%. Em contrapartida, na sexta-feira, o instituto Datamax apontou o tucano com uma vantagem de oito pontos em relação a Delcídio. Tayná Biazus e Karla Machada