18 de abril de 2021
Campo Grande 30º 19º

Posto Emanuele

Justiça aceita denúncia contra Bernal por improbidade administrativa

A Justiça de Mato Grosso do Sul aceitou denúncia oferecida pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra prefeito de Campo Grande. Alcides Bernal (PP) por improbidade administrativa.

A decisão é do juiz da 1ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos e Individuais Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho. E foi proferida na quarta-feira (23).

Segundo MPE, Bernal praticou crime de improbidade ao contratar em caráter emergencial o Posto Emanuele. O órgão investigou contratos envolvendo empresa e Prefeitura de Campo Grande e concluiu que contratação acarretou prejuízo de R$ 542.282,10 milhões aos cofres públicos.

Bernal é acusado de causar prejuízo de R$ 542.281,10 aos cofres municipais. O contrato, segundo MPE, foi firmado sem licitação. Na época, a Prefeitura realizou pregão presencial e a empresa Trokar saiu vencedora, porém, a Prefeitura alegou haver vícios no edital e decretou nulidade do certame. Com isso, houve contratação emergencial do Posto Emanuele.